OAB Maranhão decide anular resultado de eleição após detecção de erro em base de dados

OAB Maranhão decide anular resultado de eleição após detecção de erro em base de dados

A Ordem dos Advogados do Brasil, seccional Maranhão, decidiu anular as eleições para escolha dos indicados para acesso à disputa para vaga do Quinto Constitucional que vai definir o nome do próximo desembargador do Tribunal de Justiça do Estado.

De acordo com a presidência da OAB Maranhão, um erro foi detectado na base de dados gerada pela empresa que presta serviços de Tecnologia da Informação para a OAB Maranhão. Uma lista com os nomes dos advogados e advogadas que regularizaram pendências financeiras após o dia 07 de fevereiro, data limite para regularização, foi encaminhada à empresa responsável pela realização das eleições.

“Advogadas e advogados inadimplentes em 07 de fevereiro, que quitaram suas anuidades antes da eleição, acabaram votando na disputa realizada no último dia 24 de abril, ato vedado pelo edital das eleições ao Quinto Constitucional. Por isso, a OAB/MA decide realizar nova consulta direta à advocacia”, diz o comunicado da seccional.

 

Avatar photo

Andrezza Cerveira

Editora responsável. Profissional da comunicação com quase 20 anos de atuação no mercado maranhense. Atualmente apresenta o programa Diário Mais, na Rádio Mais FM 99.9, de segunda a sexta-feira, de 06h às 08h. Também possui no currículo experiências na extinta Rádio NOVA FM 93.1, TV Difusora, Portal Difusora On, Coordenadoria Municipal da Mulher de São Luís, Secretaria de Comunicação da Prefeitura de São Luís, além de campanhas políticas e assessoria de imprensa para organizações privadas. Ao longo da carreira, exerceu praticamente todas as funções do jornalismo: reportagem, produção, produção executiva, chefia de edição, chefia de reportagem, apresentação e coordenação de jornalismo.
0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x