SUS atua em quase 2 mil municípios sem serviços médicos privados

SUS atua em quase 2 mil municípios sem serviços médicos privados

O Sistema Único de Saúde está presente em todos os 5.570 municípios do País e mais de um terço deles não contam com atendimentos médicos privados.

Segundo dados do Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde, 1.915 municípios, ou seja, 34%, não oferecem serviços particulares de saúde. Isso significa que aproximadamente mais de 15 milhões de brasileiros dependem exclusivamente do SUS nessas localidades.

Entre os municípios que não contam com oferta de clínicas médicas privadas, o menor tem 839 habitantes e o maior, 70.692. Cerca de 92% deles, ou seja, 1.771 municípios têm menos de 20 mil habitantes.

O estado que mais concentra municípios nessa situação é Minas Gerais, com 226, seguido por São Paulo, com 181, Piauí com 154, Rio Grande do Sul com 153 e Maranhão com 130. Apenas o Distrito Federal não entra na lista.

A região Nordeste é a que mais depende dos serviços do SUS: 8 milhões e 900 mil pessoas vivem em municípios sem nenhuma oferta médica nos serviços privados.

No outro extremo está o Centro-Oeste, com pouco mais de 796 mil habitantes vivendo em cidades que contam apenas com o SUS para os atendimentos de saúde.

Avatar photo

Andrezza Cerveira

Editora responsável. Profissional da comunicação com quase 20 anos de atuação no mercado maranhense. Atualmente apresenta o programa Diário Mais, na Rádio Mais FM 99.9, de segunda a sexta-feira, de 06h às 08h. Também possui no currículo experiências na extinta Rádio NOVA FM 93.1, TV Difusora, Portal Difusora On, Coordenadoria Municipal da Mulher de São Luís, Secretaria de Comunicação da Prefeitura de São Luís, além de campanhas políticas e assessoria de imprensa para organizações privadas. Ao longo da carreira, exerceu praticamente todas as funções do jornalismo: reportagem, produção, produção executiva, chefia de edição, chefia de reportagem, apresentação e coordenação de jornalismo.
0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x