Carlos Lula comemora fim da emergência global da Covid-19, durante ‘Assembleia Itinerante’

Carlos Lula comemora fim da emergência global da Covid-19, durante ‘Assembleia Itinerante’

O deputado estadual Carlos Lula (PSB) celebrou, durante a ‘Assembleia Itinerante’ realizada na cidade de Caxias, o fim da emergência global da Covid-19, anunciado pela Organização Mundial de Saúde (OMS), nesta sexta-feira (5). A decisão da OMS teve por base a tendência decrescente das mortes por Covid-19, no declínio das hospitalizações e internações em unidades de terapia intensiva relacionadas à infecção e nos altos níveis de imunidade da população ao SARS-CoV-2.

“Hoje é um dia muito especial. Há exatos 1.150 dias, a Organização Mundial de Saúde declarava a emergência global de Covid-19. Hoje, o mundo, enfim, tem o fim da emergência global da Covid-19. Muitas pessoas infelizmente não puderam estar aqui para ver que nós vencemos essa batalha e eu posso citar, com muita saudade, o deputado Zé Gentil, que infelizmente, ainda no início da pandemia, perdemos para a covid”, relembrou Carlos Lula.

Emocionado, o parlamentar lembrou da atuação à frente da Secretaria de Estado da Saúde. “Há 1.150 dias, eu estava como secretário de Saúde e dizia para a minha equipe, nas entrevistas, afirmava e reafirmava que a gente iria vencer. Agora, enfim, posso dizer que esse dia chegou. Eu vi muitas vidas se perderem e não quero nunca mais passar o que eu passei nesse período, ver o que eu vi naqueles anos. Perdemos família, perdemos amigos, perdemos gente que estava na batalha junto com a gente”, contou.

Trabalho

Carlos Lula também destacou o trabalho realizado pelas equipes de saúde que levou o Maranhão a ser referência nacional. “A batalha não foi fácil, mas eu posso dizer que encerramos essa fase, essa batalha, com o Maranhão sendo motivo de orgulho. Nós somos o estado da federação com o menor percentual de mortalidade do país. Enquanto no Brasil morreram 333 pessoas a cada 100 mil habitantes, no Maranhão foram 156. É menos da metade. Podemos nos orgulhar disso. Eu quero agradecer a cada profissional de saúde e toda a Rede Pública de Saúde do estado”, reforçou.

O deputado estadual ressaltou ainda que, mesmo com o fim da emergência global, não é o momento de desfazer das medidas que proporcionaram o controle do vírus. “Não podemos desfazer os equipamentos que construímos, eles devem ficar para a sociedade. Sobretudo, não podemos estragar vacinas, temos vacinas bivalente hoje e corremos o risco de perder centenas de milhões de reais porque a população não está indo se vacinar. Precisamos continuar fazendo campanhas, pois a sociedade vai precisar se vacinar todo ano contra a Covid-19, assim como se vacina contra a gripe. Acabou a emergência global, mas a covid vai continuar sendo um problema por muitos anos”, alertou Carlos Lula.

Avatar photo

Andrezza Cerveira

Editora responsável. Profissional da comunicação com quase 20 anos de atuação no mercado maranhense. Atualmente apresenta o programa Diário Mais, na Rádio Mais FM 99.9, de segunda a sexta-feira, de 06h às 08h. Também possui no currículo experiências na extinta Rádio NOVA FM 93.1, TV Difusora, Portal Difusora On, Coordenadoria Municipal da Mulher de São Luís, Secretaria de Comunicação da Prefeitura de São Luís, além de campanhas políticas e assessoria de imprensa para organizações privadas. Ao longo da carreira, exerceu praticamente todas as funções do jornalismo: reportagem, produção, produção executiva, chefia de edição, chefia de reportagem, apresentação e coordenação de jornalismo.
0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x