MOB acompanha inquérito que apura ataque à imagem de Iemanjá

MOB acompanha inquérito que apura ataque à imagem de Iemanjá

Inquérito para investigar o ato de vandalismo à imagem de Iemanjá foi aberto, oficialmente, na tarde desta segunda-feira (24). Cerca de 15 entidades, representantes das religiões de matriz africana, estiveram na Delegacia de Crimes Raciais, Delitos de Intolerância e Conflitos Agrários, que fica na avenida Rio Branco, Centro, onde assinaram petição, solicitando que o caso seja apurado. A assessora Institucional da Agência de Mobilidade Urbana e Serviços Públicos (MOB), Bárbara Soeiro, representando o presidente Adriano Sarney, esteve acompanhando as entidades.

“Por determinação do presidente da MOB, Adriano Sarney, estamos acompanhando este triste caso, ocorrido contra a imagem de Iemanjá, e prestando todo o apoio às entidades de matriz africana. Esperamos que as investigações avancem e os envolvidos sejam identificados e punidos. Por outro ponto, já está alinhado o planejamento de restauração da imagem, para que, o mais rápido possível, ela seja entregue recuperada. Não podemos tolerar intransigência de nenhuma maneira, sobretudo, religiosa. Todos devem ter o direito de professar sua fé e todos têm direito ao respeito”, ressaltou a assessora Institucional da MOB, Bárbara Soeiro.

O coordenador da Política de Combate ao Racismo Religioso da Secretaria de Estado de Direitos Humanos e Participação Popular (Sedihpop), Paulo D’Aruanda, destacou a crueldade do ato e pontuou o apoio da MOB. “Nós não podemos nos calar diante de um ato tão cruel de intolerância. Temos confiança que as investigações levarão aos culpados. Agradecemos o empenho da MOB, na pessoa do presidente Adriano Sarney, que prontamente colocou sua equipe à disposição e já garantiu que a imagem seja restaurada, o quanto antes”, frisou.

A investigação buscará testemunhas e serão realizadas verificações no local para checar se há câmeras que possam ter registrado o ato. A linha de investigação é de que foi praticado crime de intolerância religiosa. “Com a representação das entidades, abrimos a investigação e vamos verificar, de imediato, câmeras, testemunhas presenciais e solicitar apoio de mais unidades da Polícia Civil. Se trata de um caso considerado grave e que requer apuração rápida. Acreditamos se tratar de crime de ódio religioso, no qual, por não concordar com a manifestação religiosa de alguém, comete-se atos de vandalismo e depredação”, avalia o titular da Delegacia de Crimes Raciais, Agnaldo Timóteo.

A coordenadora do Fórum Estadual de Mulheres de Axé da Rede Nacional de Religiões Afro-Brasileiras e Saúde, Mãe Nonata de Oxum, representando as demais entidades, ressaltou “o apoio do Governo do Estado, através da Sedihpop e MOB, que, prontamente, atendeu às instituições, acompanhando os procedimentos, garantindo a restauração da imagem e a reparação devida aos direitos dos povos de terreiro, matriz africana e afro-brasileira do Maranhão”.

O ato de vandalismo à imagem de Iemanjá ocorreu no domingo (23). A estátua foi danificada no rosto e teve desalinhamento do pescoço. A restauração, que será executada pelo escultor José Eduardo Sereno, inclui reconstrução total do rosto e parte do pescoço; nova pigmentação da vestimenta, com uso de tinta especial e de alta durabilidade; e ainda, revisão da base, que deve ser aumentada para elevar a peça a 2,5 metros do chão, a fim de garantir mais proteção a depredações.

Avatar photo

Andrezza Cerveira

Editora responsável. Profissional da comunicação com quase 20 anos de atuação no mercado maranhense. Atualmente apresenta o programa Diário Mais, na Rádio Mais FM 99.9, de segunda a sexta-feira, de 06h às 08h. Também possui no currículo experiências na extinta Rádio NOVA FM 93.1, TV Difusora, Portal Difusora On, Coordenadoria Municipal da Mulher de São Luís, Secretaria de Comunicação da Prefeitura de São Luís, além de campanhas políticas e assessoria de imprensa para organizações privadas. Ao longo da carreira, exerceu praticamente todas as funções do jornalismo: reportagem, produção, produção executiva, chefia de edição, chefia de reportagem, apresentação e coordenação de jornalismo.
0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x