Público lota segunda noite do Arraial da Cidade, na Praça Maria Aragão

Público lota segunda noite do Arraial da Cidade, na Praça Maria Aragão

Depois de uma estreia triunfal na sexta-feira (9), o Arraial da Cidade, montado pela Prefeitura de São Luís na Praça Maria Aragão (Beira-Mar), contagiou o público que marcou presença no sábado (10), segunda noite de festança junina. A programação, que começou um pouco mais cedo, contemplou sete grupos folclóricos, além de show de artista regional.

O arrasta-pé prossegue neste domingo (12) com apresentação de teatro sobre a lenda do bumba meu boi, Dança Portuguesa Arte e Beleza de Portugal, Quadrilha Asa Branca, Boi Pirilampo e a atração mais aguardada da noite: o show do cantor Tierry.

O público começou a chegar por volta das 18h, quando já estava no palco o Tambor de Crioula Milagre de São Benedito, mostrando a dança de origem africana praticada por descendentes de escravos em louvor a São Benedito.

Em seguida, o colorido do Boi de Morros, sotaque de orquestra, reluziu no terreiro. O representante da região do Munim mostrou seu novo espetáculo, com destaque para o batalhão de índias, índios e vaqueiros, além dos personagens ícones do auto do bumba meu boi: Pai Francisco e Mãe Catirina.

Este ano, o Boi de Morros apresenta o tema “O socorro vem do alto” e uma homenagem ao poeta indianista Gonçalves Dias com a leitura do poema “I-Juca-Pirama”, publicado em 1851 em “Últimos Cantos”.

Conforme a diretora geral do grupo folclórico, Clarissa Lobato, a ideia do espetáculo passa pela concepção de que o homem, para alcançar o equilíbrio ecológico e a sustentabilidade na Terra, deve praticar ações de justiça, amor e respeito não somente com seu próximo, mas, também, com a natureza.

“O autor da Criação já respondeu que para aprender essas virtudes, basta seguir suas palavras, buscando as coisas do Céu. Viemos contar esta história neste arraial lindo e um dos mais bem organizados de São Luís”, destacou Clarissa Lobato.

Quem também abrilhantou a festança foi a quadrilha Fogueira Viva, que iniciou a apresentação dando um alerta sobre abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes. É que o Brasil lidera o ranking no mundo, com 500 mil vítimas por ano.

“Achei interessante a quadrilha trazer para o arraial esse tema polêmico e sobre o qual muito se fala hoje em dia. É preciso dar um basta mesmo”, comentou a dona de casa Ana Célia Ribeiro, que prestigiava a apresentação com a família.

Depois, entrou o cantor Pepê Júnior com seu show temático Bumbauê. O artista mostrou versatilidade fazendo um passeio dançante pelo melhor do cancioneiro junino. A apresentação incluiu músicas em ritmo de bumba meu boi, quadrilha, xote e forró.

O Boi Novilho Branco, que fez a estreia de sua indumentária na segunda noite do Arraial da Cidade, entrou na sequência. O presidente do grupo, José de Ribamar Garcês, disse que o boi está levando aos arraiais 120 brincantes. Os cantadores Baiko Iluminado e Frank comandam o batalhão, que este ano tem cerca de 70 apresentações.

“A festa está bonita e hoje estamos fazendo a estreia da nossa indumentária. Logo, esta apresentação é bastante especial para nós”, disse.

Avatar photo

Andrezza Cerveira

Editora responsável. Profissional da comunicação com quase 20 anos de atuação no mercado maranhense. Atualmente apresenta o programa Diário Mais, na Rádio Mais FM 99.9, de segunda a sexta-feira, de 06h às 08h. Também possui no currículo experiências na extinta Rádio NOVA FM 93.1, TV Difusora, Portal Difusora On, Coordenadoria Municipal da Mulher de São Luís, Secretaria de Comunicação da Prefeitura de São Luís, além de campanhas políticas e assessoria de imprensa para organizações privadas. Ao longo da carreira, exerceu praticamente todas as funções do jornalismo: reportagem, produção, produção executiva, chefia de edição, chefia de reportagem, apresentação e coordenação de jornalismo.
0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x