Maranhão está entre 8 Estados com redução significativa de desemprego no segundo trimestre de 2023

Maranhão está entre 8 Estados com redução significativa de desemprego no segundo trimestre de 2023

O Maranhão está entre as oito unidades da federação onde a taxa de desemprego apresentou redução significativa no segundo trimestre de 2023. Os dados são da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua), divulgada nessa terça-feira (15) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). De acordo com avaliação da Secretaria de Estado do Trabalho e da Economia Solidária (Setres), o bom desempenho apresentado é resultado das políticas de incentivo e dos investimentos executados pelo Governo do Estado.

Segundo a pesquisa, o Maranhão apresentou redução de 9,9% para 8,8% na taxa de desocupação nos meses de abril, maio e junho, sendo a quinta maior baixa entre as unidades da federação com quedas significativas. Considerando apenas a região Nordeste, o Maranhão ocupa a segunda colocação entre os estados que mais conseguiram diminuir o desemprego, atrás apenas no Rio Grande do Norte.

O engenheiro de produção e gestor de projetos Lucas Fonseca, 30 anos, está entre os moradores do estado que conseguiram um novo posto de trabalho no período apontado pela pesquisa. Após três meses desempregado, há cerca de dois meses ele trabalha em uma empresa de consultoria.

“Eu optei por sair de uma multinacional no setor privado de educação porque eu e a empresa não estávamos alinhados. No primeiro momento fiquei ansioso, pois o cenário de um novo emprego era muito nebuloso. Houve alguns entraves no período em que fiquei buscando uma nova colocação, mas após uma seleção fui contratado para a vaga que ocupo atualmente”, conta.

Segundo o secretário de Estado do Trabalho e da Economia Solidária, Luiz Henrique Lula, um fator fundamental para que Lucas Fonseca pudesse se recolocar no mercado de trabalho é o fato de o Maranhão ser um ambiente positivo para a abertura de novos empregos.

“A queda na redução do desemprego apontada pela pesquisa é resultado de diversos fatores, como as políticas de incentivo do Governo do Maranhão para a atração de novos negócios para o estado, os investimentos diretos feitos em diversos setores, além da retomada dos investimentos feitos em parceria com o Governo Federal. O Maranhão hoje está na rota do emprego”, destacou.

Luiz Henrique Lula destaca ainda que o Maranhão passa por um importante reaquecimento da economia. “O Maranhão hoje é uma porta aberta para novas oportunidades de negócios em setores como o agro, a indústria, o portuário, entre outros. As ações feitas para apresentar as potencialidades do nosso estado, inclusive para o mercado internacional, reforçam para o investidor que somos um investimento seguro”, avalia.

Entre os investimentos próprios do Governo do Maranhão, Luiz Henrique Lula destaca as obras executadas nos primeiros 100 dias de governo, além das demais que estão sendo lançadas e que impactam a economia, movimentando a construção civil. “Nesse sentido, temos ainda a entrada em cena do Governo Federal que voltou a investir nos estados, sobretudo em obras de infraestrutura que impulsionam tanto o emprego formal quanto o informal, criando um ambiente que gera a circulação de renda e consequentemente a abertura de postos de trabalho em outros setores, como comércio e serviços”, informa.

O secretário destaca ainda os investimentos feitos no Carnaval e no São João. “No período junino o governo investiu cerca de R$ 44 milhões e teve um retorno de cerca de R$ 262 milhões para a economia do estado. As festas populares movimentam o turismo, aquecendo a rede hoteleira, restaurante e a própria economia circular, como o artesanato, aumentando as vagas de trabalho disponíveis para atender a alta demanda do período”, afirma.

Luiz Henrique Lula ressalta que a curva de geração de emprego no Maranhão tem sido mais acentuada que em outros estados do país. “Na Região Nordeste, o Maranhão foi o estado que mais gerou empregos nos últimos dois anos, apesar do desaquecimento da economia em decorrência da Covid-19. No entanto, os investimentos assertivos feitos para combater a pandemia contribuíram para que o estado se recuperasse mais rapidamente que outros e pudesse retomar suas atividades econômicas. Temos outros estados com economia em ascensão, mas no Maranhão essa retomada é mais acentuada”, ressalvou.

Além disso, ações para a qualificação da mão de obra e intermediação entre quem está buscando emprego e quem tem vagas a oferecer também são apontadas por Luiz Henrique Lula como fatores que têm ajudado a manter os bons índices de geração de emprego no estado.

O secretário destaca ainda o programa Mais Renda, do Governo do Maranhão, que incorpora um conjunto de estratégias e ações para a emancipação financeira e a melhoria da qualidade de vida dos pequenos empreendedores, sobretudo aqueles que atuam no mercado informal por meio de capacitação, fomento e acompanhamento técnico e gerencial.

Avatar photo

Andrezza Cerveira

Editora responsável. Profissional da comunicação com quase 20 anos de atuação no mercado maranhense. Atualmente apresenta o programa Diário Mais, na Rádio Mais FM 99.9, de segunda a sexta-feira, de 06h às 08h. Também possui no currículo experiências na extinta Rádio NOVA FM 93.1, TV Difusora, Portal Difusora On, Coordenadoria Municipal da Mulher de São Luís, Secretaria de Comunicação da Prefeitura de São Luís, além de campanhas políticas e assessoria de imprensa para organizações privadas. Ao longo da carreira, exerceu praticamente todas as funções do jornalismo: reportagem, produção, produção executiva, chefia de edição, chefia de reportagem, apresentação e coordenação de jornalismo.
0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x