Marcial Lima critica serviço de limpeza em São Luís e sugere monitoramento por aplicativo

Marcial Lima critica serviço de limpeza em São Luís e sugere monitoramento por aplicativo

“Existe a Lei do Lixo, na capital maranhense, mas que não está sendo cumprida. E isso contribui para que haja tanto lixo nas ruas da cidade e descarte irregular de resíduos”, denunciou o vereador Marcial Lima (Podemos), dizendo que, no retorno das atividades da Câmara Municipal de São Luís, esse pleito será uma de suas primeiras pautas na tribuna. Ele sugeriu a utilização de um aplicativo para somar nas ações de fiscalização no setor.

O vereador citou a gestão da Prefeitura de São Luís, chamando atenção aos muitos pontos de descarte irregular de lixo espalhados pela cidade. A Lei do Lixo data de 2010 e prevê medidas e punições no trato desses resíduos, mas, segundo o parlamentar, não está sendo cumprida. Ele acrescentou que São Luís vive um problema antigo e que a tendência é piorar.

“A capina, a varrição e a força-tarefa que cuidavam dessa área praticamente não existem. E, do outro lado, os que contribuem para sujar, que é uma quantidade bem menor do que os que limpam, mas, sujam muito. Isso deve ser revisto, fiscalizado e monitorado”, frisou Marcial Lima.

O vereador apresentou um projeto de um aplicativo que pode monitorar e fiscalizar o descarte irregular de resíduos. A ferramenta estaria à disposição das comunidades, a partir do controle de área, por meio do celular, e a população seria um agente multiplicador desta fiscalização.

Ele citou o canal do Turu, que há 15 dias a prefeitura fez limpeza e já está novamente sujo de resíduos e itens diversos, como móveis, eletrônicos e outros, mesmo a área possuindo um Ecoponto.

“Com esse aplicativo, teríamos a punição para quem suja a cidade. Basta levar o lixo aos ecopontos espalhados em vários em pontos estratégicos da cidade. Mas, as pessoas não querem ter trabalho, nem compromisso. A lei precisa ser aplicada, como é em várias cidades do país. O respeito à lei melhorou muito a situação desse setor nas outras regiões do país, além de gerar economia aos cofres públicos”, explicou o vereador.

Ele também pontuou a necessidade de campanhas educativas e que elas devem ser permanentes e eficazes. “A prefeitura tem condições para realizar esse trabalho e a população deve ser chamada a contribuir e também fazer sua parte”, destacou Marcial Lima.

Avatar photo

Andrezza Cerveira

Editora responsável. Profissional da comunicação com quase 20 anos de atuação no mercado maranhense. Atualmente apresenta o programa Diário Mais, na Rádio Mais FM 99.9, de segunda a sexta-feira, de 06h às 08h. Também possui no currículo experiências na extinta Rádio NOVA FM 93.1, TV Difusora, Portal Difusora On, Coordenadoria Municipal da Mulher de São Luís, Secretaria de Comunicação da Prefeitura de São Luís, além de campanhas políticas e assessoria de imprensa para organizações privadas. Ao longo da carreira, exerceu praticamente todas as funções do jornalismo: reportagem, produção, produção executiva, chefia de edição, chefia de reportagem, apresentação e coordenação de jornalismo.
0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x