Operação Paz completa 15 dias com mais de 23 mil ações no Maranhão

Operação Paz completa 15 dias com mais de 23 mil ações no Maranhão

Um dos 12 estados brasileiros que participam da Operação Paz, o Maranhão acumula números positivos no combate a Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI). A força-tarefa, em 15 dias de ação, retirou de circulação mais de 160 armas, incluindo 38 armas de fogo, 16 armas de fabricação caseira e 109 armas brancas, além de 120 munições. Nesse período, 255 suspeitos foram conduzidos para delegacias e foi registrada a apreensão de 150 kg de drogas.

A força-tarefa, desenvolvida pelo Ministério da Justiça, foi iniciada no dia 1º deste mês, e abrange a Grande São Luís e regiões como Imperatriz, Açailândia, Caxias, Timon, Codó, Pinheiro, Rosário, Santa Inês, Grajaú, Balsas, Tutóia, entre outras. Além da condução de suspeitos, a partir da operação, foram presas 14 pessoas em cumprimento a mandados judiciais e mais 74 em flagrante delito. Também foram apreendidos 18 adolescentes, sendo 11 por ato infracional análogo a crimes e sete por mandado judicial de busca e apreensão.

As forças policiais locais atuam para combater os Crimes Violentos Letais Intencionais, que compreendem homicídios dolosos, latrocínios e os casos de lesão corporal seguida de morte. Em 15 dias de operação, já foram realizadas 23.092 ações ostensivas de prevenção e repressão à criminalidade, com 629 barreiras policiais, 15.884 pessoas abordadas e 6.324 veículos vistoriados.

No Maranhão, a força-tarefa tem a participação das Polícias Civil e Militar, Centro Tático Aéreo, Centro de Inteligência e Perícia Oficial. Com essa união de esforços e planejamento, os resultados positivos na área da segurança pública no estado são uma constante, a partir do trabalho integrado das diversas forças policiais.

No final de agosto, o Centro de Liderança Pública (CLP) divulgou estudo que mostrou o estado com a segunda melhor classificação no Nordeste em relação à segurança pública, atrás apenas da Paraíba. No país, o mesmo levantamento mostrou que o Maranhão saiu do 14º lugar em 2022 para o 7º lugar este ano.

Dados da Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP) mostram que nos oito primeiros meses deste ano, os CVLI tiveram redução de cerca de 30% na Grande São Luís, no comparativo com o mesmo período de 2022. A redução mais expressiva no comparativo foi a taxa de latrocínio, com diminuição de 55% em relação à época correspondente de 2022. Em todo o estado, houve redução de aproximadamente 6% da ocorrência de CVLI no segundo trimestre deste ano em comparação com o primeiro trimestre do 2023.

Em reconhecimento aos resultados positivos e empenho dos servidores do Sistema de Segurança Pública, a categoria recebeu uma homenagem nesta sexta-feira (15). Os policiais que se destacaram em suas funções receberam o Certificado do Mérito Operacional. Foi ofertada uma placa em reconhecimento aos relevantes trabalhos prestados à população para garantir proteção e segurança pública aos maranhenses.

O governador Carlos Brandão esteve presente na homenagem e ressaltou a importância de reconhecer o bom trabalho dos profissionais da segurança pública. “Essa solenidade é para reconhecer o salto que demos na segurança pública. Isso tudo é resultado dos investimentos que estamos fazendo e da motivação dada à tropa. Essa homenagem é para todos os policiais e membros das forças de segurança”, declarou.

Também presente na solenidade, o secretário de Estado e Segurança Pública, Maurício Martins, definiu a data como um momento histórico para o Sistema de Segurança. O gestor frisou que o êxito das ações é possível a partir do trabalho integrado de todas as forças policiais e da dedicação dos homens e mulheres que fazem a corporação.

“Hoje foi um dia histórico, com a presença do governador Carlos Brandão, nesta homenagem aos nossos policiais, que trabalham diuturnamente para melhorar cada vez mais a segurança pública. O nosso compromisso é trabalhar sempre para trazer uma segurança pública de qualidade, 24 horas por dia, para o povo maranhense. Estamos muito felizes e honrados com este momento”, afirmou.

Resultados positivos dentro e fora do país

Na última segunda-feira (11), o segundo maior jornal do Reino Unido, o Daily Mail, publicou a lista das 40 cidades com as maiores taxas de homicídios do mundo. Embora o Brasil apareça entre os países que se destacam negativamente, o Maranhão está fora deste ranking. Nenhuma município do estado foi mencionado, nem mesmo São Luís, que em edição passada ocupou a 21ª colocação.

Avatar photo

Andrezza Cerveira

Editora responsável. Profissional da comunicação com quase 20 anos de atuação no mercado maranhense. Atualmente apresenta o programa Diário Mais, na Rádio Mais FM 99.9, de segunda a sexta-feira, de 06h às 08h. Também possui no currículo experiências na extinta Rádio NOVA FM 93.1, TV Difusora, Portal Difusora On, Coordenadoria Municipal da Mulher de São Luís, Secretaria de Comunicação da Prefeitura de São Luís, além de campanhas políticas e assessoria de imprensa para organizações privadas. Ao longo da carreira, exerceu praticamente todas as funções do jornalismo: reportagem, produção, produção executiva, chefia de edição, chefia de reportagem, apresentação e coordenação de jornalismo.
0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x