Mais da metade dos maranhenses estão acima do peso, alerta Ministério da Saúde

Mais da metade dos maranhenses estão acima do peso, alerta Ministério da Saúde

Os hábitos alimentares mudaram radicalmente e, ao longo dos últimos anos, em todo o mundo, isso mostrou resultados claros na balança. Tanto que a estimativa para 2035 é bem preocupante.

O Atlas Mundial da Obesidade de 2023, que acaba de ser divulgado, aponta que mais de 50% da população mundial estará com sobrepeso ou obesidade até lá. No Brasil, a estimativa chega para até 41% dos adultos mas, no Maranhão, o quadro já é grave. Isso porque mais da metade da população (58%) já está acima do peso. As informações constam no Sistema de Vigilância Alimentar e Nutricional do Ministério da Saúde.

O sobrepeso afeta mais de 36% dos maranhenses, enquanto 15,6% atingiram a obesidade leve, 43% a obesidade severa e 1,46% o grau mórbido.

A doença

A obesidade é o acúmulo de gordura capaz de gerar alterações metabólicas que atrapalham, por exemplo, a regulação da glicose e da insulina. Isso pode ocasionar inflamações permanentes em órgãos do corpo e aumentar o risco de doenças crônicas, como pressão alta, diabetes, condições cardíacas e respiratórias e até alguns tipos de câncer.

Por isso, não dá para negligenciar com a saúde e deixar a decisão do tratamento para depois. A mudança do estilo de vida deve ser o primeiro passo.

O tratamento

Combater o sedentarismo, consumir alimentação adequada e afastar fatores de risco, como ansiedade e distúrbios de sono são necessários. Mas como mudar tudo isso se o problema já afeta o organismo? A falta de vitaminas exige um cuidado especial e individualizado. É o que recomenda a fisiologista do exercício, Vanessa Goltzman.

“O nosso corpo foi feito para se movimentar. Se você tem uma qualidade do sono ruim, e se você tem uma quantidade de horas de sono abaixo de 6 horas, esse fato já faz você ficar mais propenso a ganhar peso. Esse aumento de peso da população maranhense não se dá apenas pela alimentação. Se dá pelo estilo de vida ruim e pelas poucas horas de sono”, avalia a profissional.

 

 

Avatar photo

Andrezza Cerveira

Editora responsável. Profissional da comunicação com quase 20 anos de atuação no mercado maranhense. Atualmente apresenta o programa Diário Mais, na Rádio Mais FM 99.9, de segunda a sexta-feira, de 06h às 08h. Também possui no currículo experiências na extinta Rádio NOVA FM 93.1, TV Difusora, Portal Difusora On, Coordenadoria Municipal da Mulher de São Luís, Secretaria de Comunicação da Prefeitura de São Luís, além de campanhas políticas e assessoria de imprensa para organizações privadas. Ao longo da carreira, exerceu praticamente todas as funções do jornalismo: reportagem, produção, produção executiva, chefia de edição, chefia de reportagem, apresentação e coordenação de jornalismo.
0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x