São Luís sobe em Índice de Cidades Empreendedoras

São Luís sobe em Índice de Cidades Empreendedoras

Três municípios de diferentes regiões do Brasil chamam a atenção na edição 2023 do ICE, o Índice de Cidades Empreendedoras, por terem subido várias posições no ranking geral, de 2022 para 2023.

Brasília saiu da posição de número 69 para o 4º lugar; a capital de Roraima, Boa Vista, que antes estava na posição 47, agora é a sexta; e Aparecida de Goiânia, em Goiás, passou do número 65 no ranking para o 35º. No Maranhão, São Luís se destaca ao subir da 57ª posição para a 27ª. Depois de Aracaju (SE), é o melhor índice registrado no Nordeste. São Paulo e Florianópolis continuam liderando o ranking nacional.

O relatório apresenta os 101 municípios mais populosos do Brasil, organizados de acordo com as melhores condições para empreender, ou seja, com o melhor ambiente de negócios, e foi produzido pela Enap, Escola Nacional de Administração Pública, com apoio da Endeavor.

No caso de Brasília, o movimento na posição do ranking geral se deve, principalmente, às melhorias registradas no ambiente regulatório, com a redução da alíquota interna do ICMS, e também devido à simplificação burocrática, ou seja, menos tempo gasto com processos de gestão.

Já Boa Vista teve ganho relacionado ao item cultura empreendedora, ou seja, no interesse das pessoas e das instituições do município pelo empreendedorismo.

Melhorou ainda a inovação na capital de Roraima, impulsionada pela economia criativa e ampliação de empresas de tecnologia da informação e comunicação.

Aparecida de Goiânia foi a cidade do interior com maior ascensão no Índice de Cidades Empreendedoras 2023. Os principais motivos foram a melhoria no ambiente regulatório e na cultura empreendedora.

O ICE apresenta a classificação geral e sete rankings, que levam em conta os fatores para o sucesso dos negócios: ambiente regulatório, infraestrutura, mercado, acesso ao capital, inovação, capital humano e cultura empreendedora.

A Enap calcula o índice desde 2014 com o objetivo de apoiar o governo federal em ações de capacitação e inovação pública.

Segundo a presidente da instituição, Betânia Lemos, o ICE é uma ferramenta para a identificação do que precisa ser feito para estimular a competitividade das empresas.

Avatar photo

Andrezza Cerveira

Editora responsável. Profissional da comunicação com quase 20 anos de atuação no mercado maranhense. Atualmente apresenta o programa Diário Mais, na Rádio Mais FM 99.9, de segunda a sexta-feira, de 06h às 08h. Também possui no currículo experiências na extinta Rádio NOVA FM 93.1, TV Difusora, Portal Difusora On, Coordenadoria Municipal da Mulher de São Luís, Secretaria de Comunicação da Prefeitura de São Luís, além de campanhas políticas e assessoria de imprensa para organizações privadas. Ao longo da carreira, exerceu praticamente todas as funções do jornalismo: reportagem, produção, produção executiva, chefia de edição, chefia de reportagem, apresentação e coordenação de jornalismo.
0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x